Tag

Patologia

Browsing

O setor da construção civil é o responsável por boa parcela do PIB brasileiro cerca de 7% em 2021, sendo muito essencial na manutenção da economia nacional, criando empregos e fortalecendo o desenvolvimento do país. 

Todos os dias, muitas construções se iniciam no país, essa quantidade se não tiver um acompanhamento criterioso, pode sofrer com diversos fatores como exemplo, a qualidade das matérias primas, capacitação dos construtores e fatores climáticos.

Desta forma, colaborando com a manifestação do que denominamos como patologias das construções. Com isso, surgem dúvidas como driblar e assegurar uma obra sem desgastes estruturais?

O que é patologia?

A patologia é a ciência que estuda as doenças (falhas e anomalias) e atua na prevenção (profilaxia) e no tratamento (terapia) de problemas que podem afetar nossas construções, com o objetivo de termos Edifícios saudáveis, preservando o seu desempenho e aumentando sua vida útil.

Nesse sentido, a patologia da construção é o objeto de estudo dos especialistas na área da construção civil, que buscam as causas e os defeitos das edificações.

Assim, existem diversas categorias de patologias nas construções, entretanto, as mais comuns são:

Corrosão das armaduras:

Os materiais metálicos degradam-se em locais mais expostos à umidade e agentes agressivos, ou mesmo em áreas com alta porosidade local, como ninhos de concretagem, que se tornam mais vulneráveis ​​à penetração desses agentes devido à alta porosidade local.

Fissuras

Uma das patologias mais frequente na construção, pode ser ocasionada por uma variedade de fatores, incluindo uma mistura de concreto não uniforme, composição incorreta dos materiais concreto ou solo criado para receber uma construção.

Manchas por umidade

Elas são ocasionadas por uma variedade de fatores, incluindo vazamentos nos telhados, vazamentos na rede de drenagem, falta de impermeabilização em terraços e assim por diante.

Eflorescência

São manchas esbranquiçadas que aparecem na superfície dos materiais e são causadas pela migração de elementos salinos de dentro para fora da estrutura.

Os elementos que contribuem para a formação desse tipo de patologia são a quantidade de sais solúveis contidos nos materiais ou componentes, a presença de água e a pressão hidrostática, que faz com que a solução se transporte para a superfície, ocasionando a eflorescência.

As patologias citadas acima ocasionam diversas consequências e prejuízos a edificação, como a necessidade de reformas complementares, interdições das edificações e até mesmo a um nível mais extremo de apresentar sérios riscos de segurança aos ocupantes, ocasionando a demolição da construção.

Como demonstrado, existem várias patologias na construção civil. A boa notícia é que existem tratamento para elas..

Como tratar a patologia na construção civil

Atualmente, existem técnicas distintas para tratar cada patologia que surge na edificação, assim como existem vários tipos de operações para curar diferentes doenças na medicina. 

Os cuidados e as medidas preventivas são essenciais, tanto para neutralizar o problema quanto para evitar que ele comprometa a edificação.

Contudo, nada de fazer as coisas por conta própria e sem o conhecimento adequado. O ideal, nesses casos, é convocar um especialista para que ele identifique a origem do problema e tome medidas para tratar a doença que ele identifica em sua construção.

Por exemplo, quando estamos doentes vamos ao médico e ele nos examina, quando a edificação está doente, necessitamos desse profissional para detectar falhas e sintomas e assim, realizar um diagnóstico preciso.