Qual o salário de um cuidador de idoso?

Conforme estudos feitos pelo IBGE, a população referente aos idosos do Brasil irá triplicar até 2050. Perceba como a demanda por esses profissionais será enorme. Esse profissional, que representa a segurança, o conforto e o bem-estar dos velhinhos, será cada vez mais indispensável em um futuro bem próximo.

Esse profissional já atualmente, é muito assediado, muito procurado. Cada vez mais necessitam de pessoas dedicadas a essa área. Por isso pessoas buscam por profissionais de confiança, afinal de contas, são vidas que serão cuidadas. Além da confiança, o profissional deve ser capacitado, por isso, é indispensável o curso cuidador de idoso.

O que faz um cuidador de idosos

Mais do que cuidar do idoso, é sobre acompanhar ele. A profissão está muito além de ser apenas um cuidador, esse profissional de fato se torna um amigo dos velhinhos e de suas respectivas famílias. A função do cuidador de idoso de fato é cuidar, acompanhar, auxiliar, incentivar e ajudar em todas suas atividades básicas do dia a dia.

São chamadas de ABVDs, isso significa todas as atividades que aprendemos aos poucos durante nossa infância, tais como: se alimentarmos, irmos ao banheiro, caminhar, tomar banho, se vestir, descansar, conversar e por aí vai.

Como muitos idosos acabam chegando em um nível de dependência de outras pessoas muito grande, é necessário a presença desse profissional para fazer parte de sua rotina. Quando o idoso não é tão dependente de terceiros para se locomover e fazer suas respectivas atividades básicas, o profissional cuidador de idoso apenas será responsável em ajudá-lo nas suas atividades instrumentais de vida diária, assim chamadas de AIVDs.

Cada pessoa tem sua rotina, seus afazeres, seus hobbies e necessidades básicas e essenciais. Com os idosos não são diferente, então, algumas atividades a serem feitas podem variar muito de um para o outro, mas de modo geral, são praticamente as mesmas, e são elas as básicas de nós seres humanos.

Alguns exemplos de atividades em que o profissional deve atuar são: fazer compras no geral, fazer ligações ou ajudar a usar o telefone celular, organizar e fazer uma planilha demonstrativa dos seus medicamentos, preparar e servir refeições, ajudar a se locomover, seja caminhando, por meio de transportes públicos ou particulares mesmo.

E claro, acompanhá-los em suas atividades de lazer, seus hobbies, momentos que ajudam no seu bem-estar emocional, como jogar alguns jogos, assistir filmes, músicas, viajar, visitar amigos, fazer exercícios físicos e mentais.

Como se tornar um cuidador de idosos

Basicamente é preciso estudar, realizar um curso cuidador de idoso. Não é necessário e nem obrigatório exercer uma graduação, possuir uma formação de nível superior. Um curso cuidador de idoso já o torna capaz de trabalhar. Todo e qualquer conhecimento sobre cuidar de idosos pode ajudar, claro que uma formação complementa bastante seu profissionalismo, mas não é obrigatório.

O meio de entrada nessa profissão mais prático e rápido, é realizando um curso cuidador de idoso, e claro, depois comece a divulgar o seu serviço.

 Perfil desse profissional

O perfil desse profissional é bem específico e claro, deve ser uma pessoa que ame relacionamentos pessoais, uma pessoa humana, que tenha muita paciência e respeito com os mais velhos. Paciência sem sombra de dúvidas é o principal ponto positivo nesse tipo de profissional.

Ele é contratado para ajudar o bem físico e emocional dos idosos, garantindo assim sua segurança, seu conforto e sua felicidade. Por isso, o amor pelas pessoas e a paciência é indiscutivelmente indispensável.

Comprometimento também é indispensável, visto que a partir do momento em que o idoso lhe tem como um amigo, ele vai contar com você para tudo e você tem que estar extremamente comprometido com o bem-estar dessa pessoa, como se fosse um familiar seu também.

Responsabilidade é um dos pontos mais cruciais, esse profissional provavelmente ficará encarregado de organizar e fazer com que o idoso tome todos os seus medicamentos no horário e na medida certa, todo santo dia. Isso é algo de uma responsabilidade enorme, não pode haver erros, nunca perca a consciência do que está fazendo e saiba que estará lidando com a saúde e a vida de outra pessoa.

Qual o salário de um cuidador de idoso


Estamos falando de uma profissão muito linda e honesta, esse profissional sem sombra de dúvida deve ter muito amor no coração e amor pelo, o que está fazendo. Muitas vezes são horas incontáveis dedicadas à vida de outra pessoa, no caso, do seu idoso, do seu cliente, do seu amigo.

Mas, qual o salário de um cuidador de idosos? Esse valor pode variar muito da sua jornada de trabalho, da carga horária em que escolhe trabalhar. Às vezes por tempo integral (24h), no horário noturno ou diurno, tudo pode influenciar quanto e como irá receber, seja por hora, por dia, ou por mês.

De modo geral, para um profissional iniciante a hora de trabalho ficará em torno de R$10,00, equivalente a R$80,00 por dia se exercer uma jornada de trabalho de 8 horas diárias. Vale lembrar, que esse valor pode variar muito e inclusive ser bem maior de acordo com sua experiência profissional, por isso um curso cuidador de idoso pode aumentar bastante suas técnicas, e consequentemente dar mais valor para você e seu trabalho, assim, recebendo um valor maior.

Um ponto importante é que caso você trabalhe cuidando de um idoso por 3 vezes ou mais na semana, isso implica que você deverá ser contratado por regime CLT, com carteira assinada. Assim, irá receber muitos benefícios previdenciários, que lhe dará direito a todos outros benefícios de outro cargo qualquer, como, por exemplo, o 13.º salário, férias pagas, licença maternidade e muito mais.

Acontece que nacionalmente esse profissional não tem um piso salarial estipulado e fixo. Mas a base salarial mediana de um cuidador de idosos fica em torno de R$1.200,00 segundo relatos da Consultoria Catho. Porém, com todos os adicionais e benefícios garantidos por lei a esse profissional, essa remuneração fica em torno de R$1.600,00, isso em 2021.

Não esqueça que o salário de um profissional cuidador de idosos podem variar muito conforme a localidade do Brasil. E principalmente da jornada de trabalho do cuidador, caso ele more no local, e também existem adicionais noturnos. Então existem uma série de fatores que causam a variação desse salário, de acordo também com o contratante e com a tamanha necessidade do idoso desse profissional.

Caso tenha se identificado com o perfil desse profissional, ou deseja se aprimorar mais ainda, comece um curso cuidador de idoso e leve sua carreira a outro nível.

Comments are closed.